Solar do Morgado de Vilarelhos Castro de Cabreira no Rebentão
Aldeia de Vilares da Vilariça - núcleo antigo Cruzeiro de Gouveia
Casas solarengas em Vilares de Baixo Ponte de Zacarias
Casa com portal brasonado na rua  do Centro Ponte do Arquinho
Fonte designada Fontareja Quinta Branca
Necrópole e Capela de Santa Eufémia Atalaia de Inculcas
Castro de Valpereiro Santuário dos Cerejais
Vale de Cordas, antigo povoado - Vales Castelo de Alfândega da Fé
Fonte Nova / Fonte Limpa Torre do Relógio
Capela de Santo Antão Castelinho e Aldeia Velha
Castro, Necrópole e Santuário de Nossa Senhora dos Anúncios Capela da Misericórdia de Alfândega da Fé
Castelo de Gouveia Capela da Família dos Ferreiras
Monte da Cerca Capela de São Sebastião
Castelo de Sendim da Ribeira Portal de Entrada da Casa dos Mendonças
Igreja Matriz de Sendim da Ribeira " Complexo " de povoamento
Sepulturas em pedra Castelo - Castro de Saldonha
Pedra Escrita de Ridevides Facho de Parada
Solar de Santa Justa Castelo de Felgueiras
Castelo de Picões Igreja Matriz de Agrobom
" Castro " / Castelo de Colmeais Atalaia de Felgueiras

Solar do Morgado de Vilarelhos

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Vilarelhos

Solar de meados do séc. XVIII, de planta composta em U, integrando uma capela com decoração barroca. A fachada principal, orientada a este, é flanqueada a sul pela capela, sendo as outras duas alas do solar orientadas a norte e sul. Tem, sobre o portal, inscrita a data de 1744. Foi acrescentado no séc. XIX, o que lhe conferiu a planta em U.

Acesso: Vilarelhos, núcleo NO da aldeia.

Protecção: Proposto como Monumento Nacional pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Aldeia de Vilares da Vilariça - núcleo antigo

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Vilares de Vilariça  

Protecção: Proposto como Imóvel Interesse Público pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Casas solarengas em Vilares de Baixo,
cruzeiro de São Roque e fonte de mergulho

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Vilares da Vilariça

Aglomerado urbano constituído por um conjunto de edificações no interior da povoação: cruzeiro granítico setecentista, de coluna com fuste facetado de secção octogonal, encimado por um capitel jónico e rematado por uma cruz latina simples, com haste e braços de secção octogonal; fonte de mergulho, em aparelho de silhares de granito, com arco de volta perfeita, e casas solarengas setecentistas.

Acesso: Vilares de Baixo, centro da aldeia.


Casa com portal brasonado
e construções adossadas, na rua do Centro

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Vilares da Vilariça

Casas solarengas setecentistas adossadas, uma das quais apresenta um portal com ornatos em voluta e frontão curvo encimado por pedra de armas. A outra apresenta um vasto pátio interno, circundado de construções com funções agrícolas dispostas em U, que flanqueiam o corpo principal do edifício.

Acesso: Vilares de Baixo, rua do Centro.


Fonte designada Fontareja

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Vilares da Vilariça

Fonte de mergulho, em aparelho de silhares de granito,  de provável construção medieval e reformada na época moderna. Possui uma abóbada de berço e acesso por uma porta em arco de volta perfeita.

Acesso: Vilares de Baixo, no extremo este da aldeia, junto a antigo caminho entre muros que leva aos campos. 


Necrópole e Capela de Santa Eufémia

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Sendim da Serra

Necrópole medieval de sepulturas de contorno rectangular escavadas no afloramento xistoso. Identificam-se duas sepulturas a par e uma terceira muito próxima, danificada. A capela, de planta simples rectangular e pequena dimensão, é precedida por um alpendre.

Acesso: A partir da EN 614, por estradão em terra batida que conduz à capela de Nossa Senhora de Jerusalém. A capela de Santa Eufémia é visível da EN, de que dista 200 m.


Castro de Valpereiro

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Vale Pereiro


Vale de Cordas, antigo povoado - Vales

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Vales

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Fonte Nova / Fonte Limpa

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Vilar Chão

Fonte de alpendre setecentista, de planta rectangular e cobertura em lajes graníticas, com arco de volta perfeita e frontão curvo interrompido a coroar o frontispício, onde se pode ler a data de 1796.

Acesso: Vilar Chão, extremo sul da aldeia.

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 outubro 1994.


Capela de Santo Antão

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Vilarelhos

Capela rural rectangular, de nave única e capela-mor interiormente diferenciadas, em aparelho de alvenaria de xisto. 
No interior, o pavimento é em terra batida e mais alto na capela-mor, sendo a diferença vencida por um pequeno degrau granítico sob o arco triunfal.

Acesso: EN 588-1  (troço Vilarelhos - Pombal)

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994 


Castro, Necrópole e Santuário de
Nossa Senhora dos Anúncios

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Vilarelhos

Povoado fortificado da Idade do Ferro, ocupado posteriormente pelos Romanos, do qual restam apenas vestígios de um templo e uma necrópole de sepulturas do período alti-medieval. Do conjunto faz parte ainda uma capela mais recente, com remodelações ou reedificação no início de novecentos.

Acesso: EN 587, junto à Barragem do Salgueiro. Estrada para a Capela da Senhora dos Anúncios, no topo do Castro.

Protecção: Proposto como Monumento Nacional pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994  


Castelo de Gouveia

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Gouveia

Povoado fortificado, defendido por duas cinturas de muralhas hoje muito danificadas, com origem provável na Idade do Ferro e possível reocupação na Alta Idade Média. O aparelho é constituído por blocos de xisto sumariamente aparelhados e pedra miúda não aparelhada. Resta um talude formado por terra e grande acumulação de pedra.

Acesso: Estradão florestal a partir da EN 611, junto a Gouveia.

Protecção: Proposto como Imóvel Interesse Público pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Monte da Cerca

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Gouveia

Povoado fortificado, defendido por uma cintura de muralhas de xisto não afeiçoado, com origem provável na Idade do Ferro e possível reocupação na Alta Idade Média.

Acesso: Estradão florestal a partir da EN 611, junto a Gouveia.


Castelo de Sendim da Ribeira

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Sendim da Ribeira

Protecção: Proposto como Imóvel Interesse Público pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Igreja Matriz de Sendim da Ribeira

Concelho de Alfândega da Fé, freguesiade Sendim da Ribeira

Igreja seiscentista de planta longitudinal profundamente remodelada já no séc. XX.  A fachada principal apresenta um portal de vão recto encimado por um janelão, sobre o qual, numa pequena cartela, se encontra inscrita a data da remodelação da igreja: "1972". Tem torre sineira de duas ventanas, com escada de acesso a este, e rematada nos ângulos por pináculos.

Acesso: Extremo este da aldeia de Sendim da Ribeira.

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994


Sepulturas em pedra

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Sendim da Serra

 Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994  


Pedra Escrita de Ridevides

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Eucísia

Conjunto de gravuras rupestres proto-históricas realizadas ao ar livre sobre um bloco de xisto rente ao solo, com uma superfície quase lisa, orientado a sudoeste. As gravuras consistem em triângulos, formas em escada, cruciformes, quadrados e rectângulos e ferraduras. O afloramento principal tem um motivo central de tipo idoliforme.

Acesso: EN 587 (Santa Justa - Eucísia), a cerca de 300 m da aldeia de Santa Justa desvio para a Quinta de Ridevides.

Protecção: Proposto como Monumento Nacional pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Solar de Santa Justa

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Eucísia

Solar setecentista de traçado austero e planta simples, com capela barroca,  restaurado e remodelado já no século XX. A fachada principal apresenta três portas no 1º piso e um vão de pequena dimensão. No 2º piso rasgam-se cinco janelas, duas das quais, que se situam sobre as portas, são de sacada com pequeno balcão. É rematada por uma cornija.
A capela tem um portal de vão recto encimado por um frontão com volutas, sobrepujado por pináculos laterais e interrompido por cruz latina ao centro. Sobre o frontão apresenta um óculo quadrilobado. A empena é truncada por uma torre sineira. Uma gárgula e um pináculo encimam cada uma das pilastras laterais. 

Acesso: Aldeia de Santa Justa (EN 587).

Protecção: Proposto como Monumento Nacional pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Castelo de Picões

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Ferradosa

Povoado fortificado de pequena dimensão, de provável construção e ocupação alti-medieval, defendido por uma linha de muralha em alvenaria de xisto, de planta ovalada, implantado num estreito esporão rochoso. Não foi encontrado espólio à superfície. No interior da cerca defensiva subsiste uma cisterna escavada na rocha.

Acesso: EN 215 (Alfândega da Fé - Torre de Moncorvo), EM para Sendim da Serra, Ferradosa e Picões, e caminho de terra batida para o Castelo.


Castro de Cabreira no Rebentão

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Gouveia

Povoado fortificado com origem provável na Idade do Ferro e possível reocupação na Alta Idade Média, defendido por uma cintura de muralhas em xisto não afeiçoado.

Acesso: Estradão florestal a partir da EM Cabreira - Picões um pouco a S. de Cabreira.

Protecção: Proposto como Imóvel Interesse Público pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Cruzeiro de Gouveia

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Gouveia

Cruzeiro oitocentista em granito, com soco e base de secção circular, capitel cúbico e cruz latina simples.

Acesso: Lg. do Cruzeiro na aldeia de Gouveia

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Entrada da antiga capela da Casa dos Távoras

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Acesso: Sede concelhia

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Ponte de Zacarias

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé.

Ponte medieval, posteriormente reconstruída, de cavalete sobre dois arcos de volta redonda aproximadamente iguais, em aparelho de silhares de granito. Os encontros, as rampas e o que resta das guardas são em alvenaria de xisto e granito. O contraforte tem talhante e talha-mar triangulares. O pavimento é em terra. Conserva três gárgulas curtas, de desenho cilíndrico simples, do lado virado a jusante.

 Acesso: EN 215 (Alfândega da Fé / Macedo de Cavaleiros), km 40, caminho de terra para a Quinta de Zacarias.


Ponte do Arquinho

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Ponte do século XIX, de tabuleiro horizontal sobre um arco de volta perfeita, com aduelas graníticas e o restante aparelho de alvenaria de xisto. Flanqueando o arco tem, para jusante, dois talhantes de forma tronco-piramidal, que partem da base e se desenvolvem até ao tabuleiro.

Acesso: EN 215 (Alfândega da Fé - Macedo de Cavaleiros).

Protecção: Proposto como Monumento Nacional pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Quinta Branca

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Cerejais

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Atalaia de Inculcas

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Cerejais


Santuário dos Cerejais / Santuário do Imaculado
Coração de Maria nos Cerejais

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Cerejais

Santuário cordimariano novecentista, dotado de igreja, calvário e loca em réplica da da Cova de Iria, em Fátima.

Acesso: EN 615 ( Alfândega da Fé - Cerejais).


Castelo de Alfândega da Fé

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Protecção: Proposto como Imóvel Interesse Público pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Torre do Relógio

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Torre medieval de planta quadrangular em aparelho de alvenaria de xisto, integrando provavelmente uma muralha medieval, e remodelada na  Época Contemporânea.

Acesso: Rua do Relógio.

Protecção: Proposto como Imóvel de Interesse Público pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Castelinho e Aldeia Velha

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Povoado alti-medieval de casas de planta rectangular, em alvenaria de xisto, com cobertura em telha, defendido por uma cintura de muralhas.

Acesso: Estradão florestal a partir da aldeia do Castelo em direcção NE.

Protecção: Proposto como Monumento Nacional pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Capela da Misericórdia de Alfândega da Fé

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Capela da Família dos Ferreiras

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Capela de São Sebastião

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Capela de planta rectangular, com frontispício rematado por um campanário barroco de um arco, ornado com colunelos pseudo-salomónicos embebidos, com decoração vegetalista.

Acesso: Lg. de São Sebastião.

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Portal de Entrada da Casa dos Mendonças

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Portal granítico maneirista, de vão recto, com ombreiras flanqueadas por duas meias colunas toscanas e encimado por um frontão. Este é ladeado por dois pináculos nas extermidades e por uma cruz latina ao centro e ornado com decoração central de dois círculos concêntricos em alto relevo, com quadrifólio central em baixo relevo. As colunas são emolduradas, da parte exterior, por  volutas, motivo que remata igualmente os ângulos do frontão. O interior é austero e desprovido de decoração. Recebeu portão de duas folhas pintado a verde.

Acesso: EN 215 ( R. Capitão Mendonça ) nº 49.

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


"Complexo" de povoamento  constituído pelo Castelo - Castro da Marruça ou Castelo dos Mouros em Parada, pela Quinta de Santo Antão da Barca - Sardão, Parada e pelos vestígios de povoamento de Vrêa - V. G. Vrêa no Sardão,

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Protecção: Proposto como Monumento Nacional pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Castelo - Castro de Saldonha

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


"Castro" / Castelo de Colmeais

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Facho de Parada

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Alfândega da Fé  


Castelo de Felgueiras

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Agrobom

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Igreja Matriz de Agrobom

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Agrobom

Protecção: Proposto como Valor Concelhio pelo PDM de Alfândega da Fé, DR 241 de 18 Outubro 1994.


Atalaia de Felgueiras

Concelho de Alfândega da Fé, freguesia de Agrobom

Igreja Matriz de Sambade | Capela de São Bernardino | Capela de Nossa Senhora de Jerusalém


Carlos Pinheiro © 2000